Confiança em Deus – por Mariana Carnassale

Print Friendly

“O estado da mente atua muito mais na saúde do que muitos julgam. [...] Desgosto, ansiedade, descontentamento, remorso, culpa, desconfiança, todos tendem a consumir as forças vitais, e a convidar a decadência e a morte. [...] ‘O coração alegre serve de bom remédio’ (Provérbios 17:22). [...] Gratidão, regozijo, benignidade, confiança no amor e no cuidado de Deus – eis as maiores salvaguardas da saúde. Elas deviam ser, para os israelitas, as notas predominantes da vida” A Ciência do Bom Viver, p. 241 e 281.

Deus deseja nos dar o melhor – tanto nesta vida como na porvir. Precisamos nos apegar firmemente nisso e confiar que de Deus provém toda a sabedoria. Assim, aceitaremos de bom grado tudo quanto Deus ordenar. Porém, ainda há o perigo de enxergarmos os reclamos de Deus como um fardo, pois vão de encontro às nossas inclinações e, quando queremos tomar para nós as rédeas, desesperamos, pois somos incapazes. Como resultado, muitos enfraquecem a saúde. Por isso, Cristo nos diz: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo, e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve” Mateus 11:28-30.

Se tivermos fé em Cristo como restaurador de nossa vida, se com Ele cooperarmos, obedecendo às leis da saúde, e se nos esforçarmos por aperfeiçoar a santidade em Seu temor, Ele nos comunicará Sua vida.

Confiemos em Deus. Ele é o autor da fé e é Ele “o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a Sua boa vontade” Filipenses 2:13. Pense nisso!

Conheça mais sobre os 8 Remédios Naturais.

Por Mariana Carnassale – PraPensar

Deixe um comentário