Cuidar da saúde é vantagem competitiva; empresas já notaram efeitos!

Muitos profissionais acreditam que o caminho para superar a crise é passar horas no escritório, levar trabalho para a casa e mostrar cada vez mais empenho. Por conta disso, essas pessoas acabam deixando de lado a própria saúde, pois não sabem que abandonar os cuidados com o corpo implica menor capacidade de solução de problemas.

“Cair em estado de trabalho contínuo, esquecendo que o corpo precisa de recuperação, é um erro”, afirmou o médico psiquiatra e consultor da DBM, Frederico Porto. “Executivos que praticam exercícios e não perdem o foco na saúde contam com vantagem competitiva importante em relação aos demais, que pode ser traduzida em menor ansiedade e estresse”.
E as empresas já notaram isso. Tanto que, mesmo diante da crise, elas não diminuíram os investimentos em benefícios relacionados à saúde dos funcionários. Leia mais

Gostou deste conteúdo? Então assista o nosso mais novo vídeo...