Luz solar – por Andressa R. Rocha

Ao escolher o tema “oito remédios naturais” para o lançamento do novo Portal, cada colunista escolheu um remédio natural para escrever sobre ele. Resolvi escolher a luz solar, algo que, por muitos anos, era improvável para mim: aproveitar os benefícios do sol.

Como já contei aqui, cresci num sítio e, naturalmente, debaixo de muito sol. Ao crescer, me tornei avessa a ele. Por ter a pele muito branca, alguns fatores me fizeram fugir, literalmente, da luz solar.

No entanto, o Criador dos céus e da Terra não criou nada que faria mal ao homem. Pelo contrário, tudo o que Ele criou foi para que a humanidade tivesse vida em abundância. A escritora Ellen G. White diz: “A natureza é o médico de Deus. O ar puro, a radiante luz solar, as flores e árvores, os pomares e vinhas e o exercício ao ar livre nessa atmosfera são salutares e vivificantes” A Ciência do Bom Viver, p. 264.

O sol estimula a produção de vitamina D em nosso organismo, o que ajuda na absorção do cálcio. O banho de sol também regula os hormônios, o volume da urina, o apetite, além de ajudar a combater a insônia. Ele melhora a circulação sanguínea e estimula a produção de anticorpos.

Pesquisas mostram que a taxa de suicídio em alguns países é maior devido ao inverno rigoroso, em que a luz solar fica em baixa, o que contribui para que algumas pessoas tenham depressão e, consequentemente, cometam suicídio.

O Brasil é um país tropical, com fauna e flora muito ricas, onde o sol brilha na maior parte do ano. Depois de morar em outro país e desperdiçar muito tempo com coisas fúteis na internet, vendo minha vida passar pela janela do porão onde ficava o escritório da minha casa, eu aprendi que Deus fez a natureza para que desfrutássemos dela. A falta de luz solar quase me causou uma depressão, de fato.

Confira algumas dicas para aproveitar esse valioso remédio:

  • Caminhe ao ar livre, diariamente, por no mínimo 20 minutos.
  • Abra as janelas da sua casa e do seu local de trabalho. Abras as cortinas, deixe a luz solar entrar.
  • Para praticar atividades físicas, quando possível, faça ao ar livre ou abra todas as janelas do local, para que a luz natural ilumine o ambiente.
  • Não tenha medo do sol. Respeite as horas (o melhor horário é até as 10 horas e depois das 15 ou-algo-assim) e o tempo de exposição.
  • Use filtro solar de acordo com seu tipo de pele.
  • Beba bastante água.
  • Proteja os olhos.
  • Não deixe de se proteger em dias nublados.

“Quão excelente, para os enfermos cansados da vida da cidade, do ofuscante clarão das muitas luzes e do ruído das ruas, são o sossego e a liberdade do campo! Com que impaciência se voltam eles para as cenas da natureza! Com que prazer se sentariam fora para desfrutar da luz solar e respirar o perfume das árvores e das flores! Há propriedades renovadoras no bálsamo do pinheiro, na fragrância do cedro e do abeto, e outras árvores têm também propriedades curativas” A Ciência do Bom Viver, p. 264.

Os oito remédios naturais, usados corretamente, são ideais para se ter uma vida plena aqui na Terra. Confira os outros artigos deste dia especial e conheça mais sobre o que Deus preparou para Seus filhos.

Conheça mais sobre os 8 Remédios Naturais.

Por Andressa R. Rocha –  Pequenas Atitudes

Gostou deste conteúdo? Então assista o nosso mais novo vídeo...