É possível mudar quando o cônjuge não aceita?

Nosso tema referente à este mês tratará sobre a seguinte pergunta: É possível mudar quando o cônjuge não aceita?

Quero iniciar dizendo a você algo muito positivo, que encherá seu coração de ricas esperanças, está no evangelho de Marcos 9:23, são palavras de Jesus: “tudo é possível ao que crê”.

Seja qual for à meta ou objetivo ao qual se pretende atingir ou alcançar, é necessário primeiramente crer, acreditar que será conquistado. Para isso, primeiramente é preciso realmente desejar ou querer de verdade. Muitos aparentemente querem, mas quando lhes são apresentadas as condições que lhes permitirá alcançar seu objetivo, desistem em virtude do sacrifício que seus interesses envolvem. Esquecem queo valor de um ideal é medido pela quantidade de sacrifício que estamos dispostos a fazer por ele”. Nossas atitudes têm um importantíssimo papel no que se referem a alcançar nossos propósitos. Elas dão cor a cada aspecto da vida. É como se fosse o pincel da mente. Por isso, atente para a forma como você o manuseia, pois dependendo da maneira, poderá pintar um belo quadro ou rabiscar e manchar toda uma vida.

Muitos quando se deparam com o grau de sacrifício que seus sonhos requerem, preferem olhar em direção daquilo que imaginam ser mais cômodo e confortável. Assim fazendo, permitem que o aparentemente “BOM” os impeça de atingir o “ESPETACULAR”. Há uma frase de Roberto Shinyashiki que traduz essa realidade: “Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio’. ‘Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa”. Daniel tinha todos os motivos para alegar não ter escolhido uma alimentação correta e saudável, em razão das circunstâncias da vida, por estar em outra nação, de hábitos e cultura totalmente distintos. Mas, biblicamente sabemos que essa não foi sua atitude. As Escrituras declaram que ele “Resolveu firmemente, não contaminar-se…”. Daniel 1:8. Sim, fossem quais fossem os resultados de sua escolha, ele decidiu em prol do correto e por isso Deus o honrou em sua decisão. Está escrito: “eu honro a quem me honra“. I Samuel 2:30.

Nossas atitudes exercem um poder de influência para o bem ou para o mal. Por isso, quando em busca de um objetivo louvável, jamais se habitue em discutir, nem tampouco a exigir que seu cônjuge mude. “Esta é a palavra do SENHOR, não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito…”. Zacarias 4:6. Assim fazendo, pelo seu exemplo, bem como pelos resultados consequentes de escolhas sábias alinhadas a perseverança, você poderá conquistar o coração de seu cônjuge. Siga o conselho do apóstolo Pedro: “creia no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa [família]”. Atos 16:31.

Concluindo, tenha sempre em mente fazer a vontade de Deus em tudo. Lembre-se do que disse Paulo: “quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. 1ª Coríntios 10:31. Isso é possível, basta apenas olharmos firmemente para Jesus, Ele é o autor e consumador da verdadeira fé, assim fazendo, você descobrirá em sua experiência pessoal que realmente “tudo é possível em Cristo que nos fortalece”. Filipenses 4:13.

Por Adriano Santos – Harmonia com as leis naturais!

Gostou deste conteúdo? Então faça o download do nosso livro digital gratuito...