Você se sente ansioso, desanimado ou deprimido? Então leia!

Provavelmente, as duas maneiras mais INEFICIENTES de se lidar com o DESÂNIMO e o DESALENTO sejam remoer os problemas num lugar isolado e recontá-los aos outros. A primeira ‘proposta’ apenas acentua o isolamento, a solidão e a autopiedade experimentados pelos depressivos sem oferecer uma solução construtiva para o problema. Essa introspecção gera a fraqueza física, intelectual e espiritual. A segunda ‘proposta’ tende a enfatizar os sentimentos de frustação, muitas vezes confirmando-os exagerando-os cada vez que o problema é recontado. Ao centrar-se no “eu”, o individuo sente-se bem pior do que realmente está.

As duas maneiras mais EFICIENTES de lidar com estes disturbios mentais estão relacionadas ao louvor a Deus e ao serviço ao próximo. Essas soluções evitam os resultados do isolamento introspectivo e as consequências de recontar constantemente os problemas aos outros. A primeira proposta envolve um relacionamento com Deus. Ao relembrar as bençãos divinas e ao elevar audivelmente a voz em louvor a Deus, um poder desconhecido ao ser humano é colocado à sua disposição. Ao reconhecer o amor imaculado e a preocupação de Deus por nós, os problemas parecem diminuir em vez de aumentar.

A segunda proposta envolve ajudar alguém mais necessitado, procurando doar-se à pessoa de tal forma que ela realmente seja auxiliada. Logo o desânimo e o desalento desvanecerão. Não é fácil tomar esta atitude, pois o individuo desanimado tem muita dificuldade em mudar de comportamento e olhar para os outros em vez de si mesmo. Será preciso muita PERSEVERANÇA, mas os resultados serão RECOMPENSADORES.

Livro: A Solução de Deus para depressão, culpa e disturbios mentais – Russel e Colin Standish

Gostou deste conteúdo? Então assista o nosso mais novo vídeo...