Apicultura: o maravilhoso trabalho das abelhas

Sempre tive medo de abelhas e quando alguma me molestava corria ou tentava matá-la. Mas, meu conceito mudou depois que começaram as aulas de apicultura. Foi impressionante descobrir como se organizam, como trabalham e como produzem alimentos altamente medicinais.

As abelhas vivem em colmeias altamente organizadas, cada uma tem sua função e trabalham coordenadamente na construção, manutenção e reprodução de sua colônia. Algumas cuidam de suas irmãs e as alimentam, outras são encarregadas da limpeza. Existem também as que produzem cera e constroem a colmeia. As que geralmente picam os seres humanos são as vigilantes, que atacam ao sinal de perigo. Muitas são encarregadas de trazer néctar, pólen, e própolis (que é uma resina retirada das árvores e que encobre a entrada e o redor da colmeia, protegendo-a contra diversos invasores).

A abelha mais importante da colmeia é a rainha. Ela recebe um cuidado todo especial quando larva, recebendo a pura geleia real da boca das irmãs em grandes quantidades, para crescer e desenvolver o órgão reprodutor e assim começar uma nova colmeia. Ela vive em torno de 3 a 5 anos e é capaz de produzir 5.000 ovos por dia.

As abelhas tem um papel muito mais importante do que produzir mel ou outros produtos que consumimos, elas são responsáveis pela polinização de todas as flores. Sem esse processo não teríamos frutas e verduras para consumir.

A polinização é o ato de transportar o pólen ao estigma de uma flor. A fecundação da planta acontece quando os gametas da flor se encontram com o ovário de outra flor ou da mesma. As abelhas, ao retirarem o pólen, esbarram esse gameta masculino no ovário da flor fazendo com que aconteça a fecundação e o surgimento de um fruto grande, bonito e muito saboroso.

A apicultura tem um papel muito importante no cuidado das abelhas, na polinização dos produtos cultivados na horta e também na produção de mel, pólen, própolis, geleia real e cera.

Esses produtos são altamente medicinais, ajudando no tratamento de diversos tipos de doenças como alergias, desnutrição, doenças do sistema nervoso, baixa imunidade, insônia, anemia, infertilidade, falta de memória, queda de cabelos, entre muitos outros.

Tivemos a oportunidade de conhecer diversas colmeias e ter algumas aulas sobre apicultura. Foi realmente maravilhoso ver mais de perto a criação perfeita de Deus e entender como um inseto tão pequeno pode nos dar lições tão maravilhosas sobre organização, trabalho e convivência com o próximo.

“A laboriosa abelha dá um exemplo aos homens inteligentes que bem fariam em imitar. Esses insetos observam perfeita ordem e não admitem nenhum ocioso em sua colmeia. Executam o trabalho que lhes foi designado com uma inteligência e atividade além da nossa compreensão” Testemunhos para a Igreja, v. 4. p. 455.

Ao longo dessa matéria você poderá acompanhar algumas fotos de nossa aventura e também um vídeo mostrando o momento exato do nascimento de uma abelha.

Se você deseja conhecer nossa história e saber como Deus nos chamou para sermos médicos-missionários, leia outros artigos clicando aqui.

Por Juliana C. Oliveira – Missionários em terras distantes

Gostou deste conteúdo? Então faça o download do nosso livro digital gratuito...

Gostou deste conteúdo? Então conheça agora o nosso método para se tornar vegetariano...

Gostou deste conteúdo? Então assista esta super aula online que nós preparamos para você...

Gostou deste conteúdo? Então assista esta super aula online que nós preparamos para você...