Salgadinhos: Por que você deve ficar longe deles

Os salgadinhos de milho se encontram em todo lugar hoje em dia. Do supermercado à lojinha de conveniência,  eles tem o seu espaço garantido e muitas vezes um corredor inteiro dedicado a eles  para chamar a atenção de todas as idades mas principalmente das crianças e adolescentes.  De longe, vê-se que eles não tem aparência de serem produtos saudáveis, mas por incrível que pareça estima-se que CADA linha desses biscoitos gere mais de 1 bilhão de dólares por ano!

Se fossemos analisar detalhadamente cada um dos ingredientes essa matéria viraria uma pesquisa enorme, e não é esse o objetivo. Quero tentar de uma forma simples e objetiva te mostrar o porquê não comer esses salgadinhos (e muito menos oferecer a seus filhos) ultra processados feitos à base de farinha de milho e trigo.

São ricos em óleos vegetais e como qualquer óleo vegetal é um produto altamente industrializado, artificial e prejudicial à saúde. Óleos extraídos de vegetais não são alimentos; são calorias vazias, isoladas e concentradas : 100% gordura.

Possuem muitos aditivos alimentares que segundo a legislação, “ é qualquer ingrediente adicionado intencionalmente aos alimentos, SEM PROPÓSITO DE NUTRIR, com o objetivo de modificar as características físicas, químicas, biológicas ou sensoriais…”   Se não tem o propósito de nutrir, pra que comer ?

Entre eles encontra-se o GLUTAMATO MONOSSÓDICO, que é muito usado pela indústria alimentícia como um realçador de sabor que engana o seu cérebro e faz com que você queira mais e mais desse sabor prazeroso e viciante. Pesquisas recentes mostram que o glutamato monossódico pode ser classificado como uma excito-toxina, ou seja, uma substância que estimula suas células a ponto de danificá-las ou mata-las. As complicações à longo prazo relacionadas ao consumo de glutamato monossódico são obesidade, depressão, enxaquecas crônicas e lesões oculares.

Gustavo_Salgadinhos

Se não bastasse o glutamato monossódico para realçar o sabor ainda temos uma quantidade considerável de SÓDIO, em torno de 100 a 300 mg nesses salgadinhos, o que representa em torno de 15% da recomendação diária. Levando em conta que na maioria das vezes esses salgadinhos são comidos  como café-da-manhã, lanche da manhã, lanche da tarde, eles são tudo o que o brasileiro não precisava já que naturalmente tem um dieta com mais do dobro da recomendação diária de sódio pela OMS, piorando muito a propensão para a Hipertensão Arterial.

Os salgadinhos são alimentos completamente dispensáveis, inúteis , pobres, “sem graça”, não te acrescentam em nada. Não há NENHUM ingrediente benéfico, em nenhum deles. Extremamente pobre em fibras, não há vitaminas, minerais, não há ingredientes naturais. Se não acredita em mim, confira por você mesmo. Meu sincero desejo por você caro leitor é que aprenda a ler os rótulos e buscar pra si e sua família alimentos funcionais, mais naturais possíveis, que irão te encher de saúde e vida. Quer alguma receita? Nosso blog está recheado delas!

Tenha certeza que não há no mundo lanche mais prático, saudável, ecológico, simples e principalmente gostoso do que pegar uma fruta e comer.  Que Jesus abençoe a cada um de vocês e lhes dê sabedoria para tomarem as melhores decisões. “Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos” Tiago 1:5

Assinatura_Gustavo

Gostou deste conteúdo? Então assista o nosso mais novo vídeo...